Cibersegurança está entre os temas do Technovação 2019 em Cascavel

Cibersegurança está entre os temas do Technovação 2019 em Cascavel

O evento é organizado para todos os públicos capazes de promover a inovação na região Oeste do Paraná, desde crianças e adolescentes até empresários com vivências de mercado. Cientistas, desenvolvedores, educadores, empreendedores, empresários, estudantes, inventores e comunidade em geral, se encontram de 02 a 04 de maio na Technovação, um ambiente propício para a troca de experiências, segundo os organizadores.

Um cenário articulado e promotor de inovação no Oeste do Paraná, com premiação e reconhecimento às empresas mais inovadoras de Cascavel, voltado a promover discussões de cunho inovador e de caráter empreendedor com o objetivo de captar recursos e projetos para o desenvolvimento econômico do município e região oeste do Paraná.

Neste espaço são premiadas iniciativas inovadoras idealizadas por inventores independentes, empreendedores e demais instituições.

Com uma programação conjunta o evento contará com o ‘Palco Techovação’, ‘FIC Oficinas’, ‘Fórum 4.0 – Educação’,  ‘Espaço Mão na Massa’, ‘Fórum Cyber Security’, ‘Fórum de Energias Renováveis’, ‘Fórum 4.0 – Agro’, e ‘Palco Espaço Ponte’.  A promoção é da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec), com parceiros.

Fórum Cyber Security

Cibersegurança é a prática que protege computadores e servidores, dispositivos móveis, sistemas eletrônicos, redes e dados de ataques maliciosos. Também é chamada de segurança de tecnologia da informação ou segurança de informações eletrônicas. O termo é muito abrangente e se aplica a tudo o que se refere à segurança de computadores, recuperação de desastres e conscientização do usuário final.  “Nunca se falou tanto em segurança de dados como hoje. Empresas de todos os portes e em todos os segmentos deveriam se preocupar com a integridade, a disponibilidade e a confiabilidade de suas informações”, observa o presidente da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT), Roberto Carpes.

Público

O público é geral, mas os jovens e responsáveis pela segurança dos dados serão os mais interessados. “No evento teremos simulações de ataque e defesa, dicas de segurança, como fazer para proteger os dados do celular, por exemplo”, observa o secretário executivo da Iguassu-IT.  A programação do Cyber Security também contará com palestra sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), tendo em vista que as empresas precisarão ter muito cuidado a partir de agora com os dados dos clientes, fornecedores e funcionários.

Programação Cyber Security

Como integrar segurança na transformação digital, A LGPD e o seu impacto nos negócios, Introdução ao Perl para Segurança da Informação, Casos de Redteam e Engenharia Social, Vulnerabilidades em Aplicações Web, Proteção contra-ataques digitais, qual a melhor estratégia? Introduzindo a Arquitetura de Segurança, O que é preciso para trabalhar com Cyber Security? Security for Dummies – Dicas de Segurança, Por que o Burnout acontece na Segurança da Informação? Segurança da Informação no ambiente corporativo, Redes Wireless – Ataque Evil Twin e captura d dados sensíveis.

A programação completa do Technovação pode ser conferida no site https://doity.com.br/technovacao2019/

A Iguassu-IT

A Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT), é uma entidade sem fins lucrativos que tem como objetivo o desenvolvimento do Oeste do Paraná. Atualmente conta com 47 associados e representa toda a região.

Sendo o setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), transversal a todos os demais setores, o seu fortalecimento  beneficia toda a comunidade consumidora de tecnologia. Congrega empresas para atender qualquer segmento de negócio, sendo ela do varejo, indústria, agronegócio, educação e internet.

No âmbito do Estado do Paraná a Iguassu-IT é um dos seis Arranjos Produtivo Locais (APLs), que compõe a Governança Estadual de TIC, formada por representantes de entidades governamentais, academia e empresariado, e também associada à Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), criada com o intuito de representar de forma distinta e empreendedora, empresas privadas nacionais produtoras e desenvolvedoras de software, serviços de tecnologia da informação, telecomunicações e internet.

ÚLTIMAS NOTICIAS